De doenças coronarianas ao câncer, o cigarro pode causar sérias complicações na saúde de quem fuma e de quem está por perto.

Cigarro

Nas décadas passadas, o cigarro esteve sempre associado ao luxo e ao glamour. Fumar parecia ser coisa de gente elegante ou misteriosa. Mas essa sempre foi uma grande farsa. O cigarro como artigo bonito e cheio de requinte sempre se passou a telas do cinema por um único motivo: o apelo comercial e os milhões envolvidos na publicidade do tabaco. Na verdade, o cigarro não é um luxo e sim uma droga extremamente perigosa para a sua saúde que pode, inclusive, causar doenças graves como o câncer. Quer conhecer mais sobre os malefícios do cigarro? Contamos para você!

Uma tragada perigosa

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) o tabagismo é hoje, no mundo, a principal causa de morte evitável. E esse dado nos diz muita coisa. Significa que as tragadas podem causar muitos problemas para a nossa saúde, e você sabe por quê?

O principal ingrediente do cigarro é o tabaco e mais de 4,5 mil substâncias tóxicas, como o alcatrão, e outras 3 mil que são desconhecidas. A estimativa é de que toda vez que alguém dá uma tragada no cigarro está levando para o seu corpo cerca de um quadrilhão de moléculas de radicais livres, que podem fazer muito mal ao organismo. Entre as principais doenças causadas pelo cigarro, estão:

Câncer: é comprovado que, pelo menos, cerca de 50 das substâncias tóxicas presentes no cigarro possam provocar o câncer, principalmente, os de pulmão, mama, laringe, pâncreas, bexiga e útero. De acordo com informações do site do Hospital do Câncer de Barretos, fumar aumenta 40 vezes as chances de desenvolver o câncer de pulmão. Dados do INCA também mostram que o tabagismo é hoje a principal causa isolada para o desenvolvimento do câncer de pulmão. A estimativa é de 30% das mortes causadas por câncer sejam de fumantes e que, 90% dos óbitos de pulmão sejam de pessoas que faziam o uso do cigarro.

Cigarro

Doenças cardíacas: o INCA também estima que 45% das mortes causadas por doença coronariana sejam de pessoas que faziam o uso do cigarro. A principal delas é o infarto do miocárdio. Isso acontece porque as substâncias tóxicas do cigarro ajudam a adesão de placas de gorduras em nossos vasos sanguíneos. Com isso, o sangue começa a ter dificuldade de passar e a circulação se vê comprometida e pode também comprometer as artérias, causando o infarto. E não é só isso, quem fuma também tem 3 vezes mais chances de sofrer um ataque cardíaco, do que os não fumantes.

Cigarro

Complicações na gravidez: durante a gravidez, os cuidados com a saúde devem ser redobrados e isso inclui também não fumar. E mesmo com todos os alertas que sempre são feitos, uma pesquisa publicada na revista científica periódica da Inglaterra, Addiction, mostrou que 87% das mulheres que são fumantes não param o vício durante a gestação, o que é bem preocupante. Fumar durante a gravidez causa sérios problemas, a começar pela formação do bebê, que pode ficar comprometida, devido ao comprometimento da circulação e ao contato com a nicotina.  E se a mãe fuma perto do recém-nascido também outro risco: o de comprometer as funções pulmonares do pequeno.

Cigarro

Riscos para a saúde do fumante passivo: e não é só quem fuma que corre sérios riscos de problemas de saúde, quem está por perto, na mesma casa, mesma família e vive perto de quem fuma, também pode ter problemas relacionados à fumaça do cigarro. Os riscos para a saúde do fumante passivo vão desde doenças respiratórias até casos sérios como de câncer de pulmão. De acordo com o INCA, pesquisas mostram que quem vive perto de quem fuma pode ter o risco de câncer de pulmão aumentado para 30% em vista de vive num ambiente sem cigarro, e também uma maior sensibilidade para doenças coronarianas. Entre as pessoas que mais sofrem de tabagismo passivo estão as mulheres e crianças. Vale lembrar que fumar perto do seu filho não só vai aumentar o risco de ele sofrer doenças, como também pode estimular o uso do cigarro na adolescência e vida adulta dele também.

Cigarro

Influência aos jovens: a estimativa é de que 100 mil jovens começam a fumar todos os dias no mundo. E onde está essa influência? Principalmente em casa e com os amigos. Por isso é sempre muito importante você ter um diálogo aberto com seus filhos, principalmente com aqueles que estão na fase da adolescência, e mostrar o quanto o vício em tabaco pode ser uma coisa difícil de sair, fácil de entrar e muito, mas muito, perigosa para a saúde, ao ponto de encurtar a vida dele e causar sérias e graves doenças.

Cigarro

Agora que você já conhece os malefícios do cigarro pode repensar quando for comprar um maço, não é mesmo? Além de causar doenças, fazer mal para quem está do seu lado, o tabaco também pode reduzir a sua expectativa de vida e fazer você ficar menos tempo perto de quem ama e quer bem! No próximo texto, entenda o que é a dismorfofobia. Você sabe o que é isso? Então, confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui