Todos sabem que a expectativa de vida do brasileiro tem aumentado nos últimos anos. Mas de nada adianta conquistar um maior tempo de vida, e vivê-lo sem saúde e qualidade. Para que seja possível conquistar tal qualidade, é fundamental comer bem para viver mais.

Comer bem para viver mais Imagem retirada da internet

Comer bem para viver mais, é uma dica que muito se fala nos meios de comunicação, mas além de poucos se interessarem pelo assunto, poucas informações de como colocá-la em prática também são fornecidas.

Pensando nisso, criamos esse artigo com algumas dicas fundamentais de como comer bem para viver mais, e conquistar uma vida longa e cheia de qualidade.

Porque comer bem para viver mais é tão importante?

Uma alimentação saudável promove um melhor funcionamento corporal e um imenso bem-estar físico e mental. Optar por uma alimentação livre de frituras e alimentos de baixa nutrição pode além de garantir uma maior longevidade, uma maior produtividade durante o dia também, melhorando inclusive o funcionamento cerebral.

A ligação entre comer bem para viver mais é muito intuitiva e isso acontece dessa forma por dois motivos. Primeiro que, alimentos saudáveis como legumes, verduras, frutas e cereais integrais são digeridos de forma integral pelo corpo, sendo completamente metabolizados, criando assim menos resíduos. Além disso, comer bem para viver mais pode prevenir o aparecimento de doenças crônicas.

Segundo que, as comidas industrializadas contam com muitas substâncias como conservantes, corantes, carboidratos refinados e sódio. Todas essas substancias podem interferir diretamente nos microrganismos que habitam o ecossistema intestinal.

No mais, algumas frutas e vegetais possuem nutrientes de suma importância para a produção de dopamina, um neurotransmissor importante no desenvolvimento de comportamentos como a curiosidade, o engajamento e a motivação. Os alimentos mais saudáveis também ajudam na redução de processos inflamatórios e melhoram o humor e a memória.

Com o avanço da idade a composição corporal muda, a massa muscular diminui e o tecido gorduroso aumenta. Há também a perda de massa óssea, que promove o surgimento da osteoporose, o que aumenta a probabilidade de fraturas e dificulta a mobilidade, diminuindo a qualidade de vida do idoso. Além disso, uma alimentação saudável e balanceada pode evitar a aparição de doenças crônicas como diabetes, hipertensão etc. Por essas e outras razoes, comer bem para viver mais é imprescindível, para que seja possível gozar de uma maior qualidade de vida.

Quais os benefícios de comer bem?

Bastam alguns cuidados com a alimentação para que muitos benefícios sejam sentidos. Se você está em busca de dicas de como comer bem para viver mais, e respostas de como essa habito pode melhorar sua qualidade de vida. Veja a seguir alguns dos benefícios de uma boa alimentação:

  • Mantenha uma alimentação variada e rica em fibras. Alimentos como hortaliças, legumes, frutas e carboidratos integrais, melhoram o funcionamento do intestino, ajudam a controlar o peso e os níveis de glicose e colesterol sanguíneo. De preferência a hortaliças com cores mais fortes como: verde-escuro, amarelo ou alaranjado, alimentos nesses tons são ricos em vitamina A, C e ácido fólico. E sempre que possível, consuma frutas com a casca e o bagaço.
  • Inclua ovos na alimentação. Eles são ricas fontes de proteína com um alto valor biológico, além de possuir fácil preparação. Só devem ser evitados em casos de níveis altos de colesterol. Peixes também são excelentes fontes de proteína, e absolutamente necessários para a regeneração celular. Alguns como o salmão, a sardinha e o atum são ricos em ácidos graxos e ômega 3, substancias que além de diminuir os níveis ruins de colesterol, ainda protegem o coração.
  • Invista em grãos como feijão, grão de bico e lentilha. Eles também são fontes de proteína, assim como as nozes, castanhas e amendoim.
  • Faça consumo diário de leite e derivados. Eles não podem faltar em uma dieta balanceada, pois além de fornecerem cálcio, também são ricos em magnésio e vitamina D. Substâncias necessárias para a mineralização óssea, e prevenção da osteoporose. Banhos de sol, em horários adequados, também são necessários para fixar o cálcio nos ossos.
  • De preferência ao consumo de alimentos frescos. Eles garantem uma maior oferta de nutrientes como sais minerais e vitaminas, evitando assim carências mais sérias.
  • Divida a alimentação diária em 5 ou 6 pequenas refeições. Assim além de poder variar mais os alimentos, você ajudará o sistema digestório.
  • Pratique atividades físicas moderadas diárias. Isso ajuda a manter o peso e a manter a massa óssea saudável.
  • Evite o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas. Como carnes gordas, embutidos, frios, queijos gordos, frituras e produtos industrializados.
  • Diminua também o consumo de sal e açúcar. Quando em grande quantidade, essas substâncias são extremamente nocivas à saúde, em qualquer fase da vida. Eles costumam apresentar altas taxas em alimentos industrializados como bolos, biscoitos, bolachas e enlatados.
  • Mantenha-se hidratado. É preciso que se ingira no mínimo entre 1,5 a 2 litros de água por dia.
 Comer bem para viver maisImagem retirada da internet

Comer bem para viver mais Imagem retirada da internet.

Comer bem para viver mais e melhor. Esse é o lema que todas as pessoas deviam adotar. Conseguir manter uma boa alimentação é bem mais simples do que parece, basta optar por alimentos mais saudáveis e livres de gordura.

Fontes: UOL Notícias / IREDO

Gostou do artigo? Curta, comenta e compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui