Conheça como funciona essa cirurgia, o pós-operatório e os casos para que ela é indicada

Emagrecer muitos quilos pode significar uma grande mudança na vida de muitas pessoas. Roupas novas, hábitos alimentares novos e um corpo totalmente modificado. Mas, muita gente que emagrece bastante se preocupa, em especial, com uma questão: e o excesso de pele? Sim, porque após uma cirurgia bariátrica, ou uma dieta bem radical (que faça perder mais de 10kg, por exemplo) é normal que a região do abdômen acumule uma pele que fique sobrando, flácida. Para esses casos é que acontece a cirurgia da abdominoplastia.

abdominoplastia

abdominoplastia

Essa é uma cirurgia plástica que tem como principal finalidade retirar o excesso de pele e a gordura localizada da região abdominal. Isso faz com que os músculos voltem a ter mais firmeza e a barriga fique com um aspecto de tonificada, claro que os resultados podem ser ainda melhores se forem combinados posteriormente com exercícios físicos para a região. Por remover uma boa parte da pele, a abdominoplastia costuma também ser eficaz no desparecimento de grande parte das estrias, que é comum em pessoas que engordam ou emagrecem em um curto período de tempo.

Como é realizada a abdominoplastia

oque e abdominoplastia

abdominoplastia é uma cirurgia plástica que deve ser feita por um cirurgião especializado, e depois da autorização médica (com realização de exames para ver se o paciente está apto para passar por este procedimento). O valor dessa cirurgia pode variar entre 5 a 10 mil reais, podendo sofrer alterações no preço de acordo com a clínica que você escolher.

A duração vai de 2 a 4 horas e o tipo de anestesia utilizada é, geralmente, a peridural, que é uma anestesia local que mantém, na maioria das vezes, o paciente acordado e possui rápida recuperação.

Durante o procedimento, o médico cirurgião faz um corte na região da linha do umbigo, chegando até o começo dos pelos pubianos. Depois, ele realiza a retirada dessa pele em excesso e a queima da gordura do abdômen. Ainda com a região aberta, ele costura os músculos, com uma espécie de cinta-abdominal. Feito isso, o abdômen já começa a ficar definido e chega a hora de fechar a região. Para isso, o cirurgião estica a pele do abdômen da região abaixo do umbigo até a dos pelos pubianos e costura.  Por fim, é feita a correção da posição do umbigo.

Pós-operatório da abdominoplastia

recuperação da cirurgia de abdominoplastia acontece aos poucos e a demora para que a vida volte totalmente ao normal, sem precisar de nenhum cuidado especial na região, é de cerca de 2 meses. Após o procedimento cirúrgico, o paciente fica internado de 2 a 4 dias na clínica, caso não haja nenhuma outra complicação.

Depois que chega em casa, é necessário que o paciente fique, pelo menos, 10 dias em repouso absoluto e tome cuidado com alguns movimentos. Ele deve, por exemplo, dormir sempre de barriga para cima e preservar o uso de alguns equipamentos, como: o dreno (que suga o líquido e o sangue acumulado no sangue, geralmente é retirado antes da alta), a cinta modeladora (para dar firmeza à região) e as meias de compressão, que ajudam a evitar a formação de coágulos.

Também é importante que o paciente não faça esforços físicos no pós-operatório de abdominoplastia e fique atento a qualquer sintoma diferente, como infecções, hematomas ou dores. Em qualquer um desses casos, é sempre bom consultar o médico.

Uma das famas dessa cirurgia se refere a cicatriz. Realmente ela aparece, já que há um corte na região para a retirada do excesso de pele, mas é discreta. Costuma ficar na linha dos pelos pubianos e ser tampada pela calcinha, cueca, biquíni ou calção, não sendo esse um grande problema para quem realiza essa cirurgia.

Para quem é indicada a abdominoplastia

indicação abdominoplastia

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, a abdominoplastia não é uma cirurgia igual a lipoaspiração. No caso desse procedimento, ao contrário da lipo, a retirada primordial é de excesso de pele e não a remoção de gorduras. Para entender melhor essas diferenças, confira para quem essa cirurgia costuma ser mais indicada:

Pós- cirúrgica bariátrica: os resultados da cirurgia também conhecida como “redução de estômago” são surpreendentes e costumam fazer o paciente perder muitos quilos. Por isso é natural notar um grande excesso de pele na região do abdômen no pós-operatório. O que faz a abdominoplastia pós-bariátrica ser muito indicada. Nesses casos, a estética fica muito melhor para o paciente.

Pós- gravidez: depois da gravidez é natural que a região do abdômen da mulher fique com um maior excesso de pele e flacidez, para isso a cirurgia da abdominoplastia é indicada no pós-parto. Mas é preciso ter a autorização médica e saber que, assim como em qualquer caso. A cirurgia da abdominoplastia exige repouso absoluto por dez dias, o que inclui não pegar peso, como bebê o tempo todo no colo.

Em outros casos, como para quem perdeu muitos quilos, mesmo sem realizar um procedimento como a cirurgia bariátrica, a retirada do excesso de pele pela abdominoplastia também é indicada. Lembrando que esta é uma cirurgia que exige um tempo de recuperação, que deve ser respeitado e um acompanhamento médico super importante de ser feito.

Leia também sobre “O que é a mamoplastia?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui