saúde mental

saúde mental

O que é a saúde mental?

Ela significa o estado de equilíbrio entre uma pessoa e o sociocultural. Esse estado mental faz com que o indivíduo garanta a sua participação intelectual, social e laboral, para que seja possível alcançar uma boa qualidade de vida e bem estar.

A organização mundial de saúde (OMS) garantiu que não existe nenhum tipo de definição oficial que diz a respeito á saúde mental, sendo que está é geralmente influenciada por diferenças culturais e subjetividade.  Todavia a saúde mental é um estado de bem estar emocional e também psicológico, fazendo com o que o indivíduo seja capaz de usar suas habilidades cognitivas e emocionais. Lembrando que a ausência de alguma tipo de doença mental não quer dizer que o indivíduo goze de boa saúde.

As pessoas que sofrem de algum tipo de distúrbio deve procurar imediatamente um profissional (psicólogo) para que o diagnóstico seja revelado o mais rápido possível e a partir daí poder tratar de acordo.

Qual o contexto da família em relação ao transtorno mental?

Abordar essa questão familiar devido ao transtorno mental, é importante pode voltar na história. Psiquiatras e psicólogos explicam que a atenção aos familiares do portadores desse tipo de transtornos é recente. Durante todo o tratamento é excepcional a presença da família. A ajuda e o acompanhamento faz com que o portador sinta-se seguro e entenda que existem pessoas com quem pode confiar. Nesse momento  importante o acolhimento e amor da família para o portador.

  • A realidade de pessoas que procuram ajuda:

Atualmente no Brasil, existem em torno de 120 mil leitos psiquiátricos. Porém, apenas 43 mil funcionam. Com esses fechamentos do leitos, colocaram cerca de dois mil leitos psiquiátricos em hospital gerais há uns 15 anos atrás.

Porém, manter um leito desse custa caro. Por isso alguns hospitais não recebem pessoas que possuem depressão, por alegar que esse tipo de doença pode ser tratada em algumas clínicas especializadas. Dificultando principalmente a vida daquelas pessoas que possuem baixa renda. Agravando mais ainda o caso.

Todo mundo tem direito a busca por ajuda, porém, aquelas pessoas que não tem condições financeiras:  moradores de rua, aposentados ou anônimos sofrem diariamente com o caos na saúde pública, mas, aquelas que não tem nenhum apoio ( sus) sofrem com isso, agravando mais a qualidade mental daquela pessoa. Leitos fechados, hospitais proibidos de receber. É necessário uma reforma no sistema único de saúde para que todos possam ter acesso a esse direito.

  • Como prevenir as pessoas que passam por esses problemas de saúde:
  1. Evitar que essas pessoas utilizem drogas;
  2. Que tomem menos café;
  3. Menos refrigerante;
  4. Bebidas alcoólicas;

Alguns desses fatores podem desencanar ataques de pânico.

  • Como ter uma qualidade mental saudável:
  1. Faça a prática de exercícios;
  2. Procure ter uma boa alimentação;
  3. Faça sempre exames médicos, pelo menos uma vez ao ano;
  4. Procure a harmonia com seu eu interior;
  5. Busque aulas de ioga, por exemplo;
  • O diagnóstico precoce pode ajudar na introdução rápida do tratamento para o quadro de pessoas com doenças mentais antes que seja agravado. Um grande exemplo bem comum hoje em dia é a depressão pós- parto ou depressão puerperal. A mulher mesmo após o parto fica depressiva três dias após o parto e se o acompanhamento não for eficaz, o risco de um quadro grave de psicose é maior. Outro exemplo é o agudização em quadros com pessoas maníacas. Se tratados nas primeiras 72 horas a crise pode ser controlada nas três primeiras semanas em precisar a internação hospitalar.

Quer saber um pouco mais sobre esse tão famoso exercício?  A gente explica para você!

Yoga está entre as dez terapias mais feitas no mundo! E isso não é à toa. A prática consegue aliar benefícios para a mente e para o corpo de uma maneira sempre muito eficaz. O principal objetivo da Yoga é hoje fazer a junção do equilíbrio físico e mental para trazer o relaxamento e a melhora na qualidade de vida. Um exercício que vai além do físico e beneficia todos nós. Quer ver?

Como funciona a Yoga

Praticar Yoga

Praticar Yoga

Além de ser um exercício físico, a Yoga tem o nobre objetivo de fazer cada pessoa conhecer seu estado de saúde, também mental. É ter consciência sobre o seu corpo e sobre o que você pode fazer por ele. Pareceu muito filosófico? Mas é assim mesmo. A Yoga segue filosofias próprias e leve longe o estresse. Os exercícios são baseados no alongamento e no relaxamento até chegar em seu ponto alto que é a meditação.

A Filosofia da Yoga

Praticar Yoga

Não é só nos movimentos que a Yoga se baseia, ela foi criada em cima de muita filosofia e ideias de relaxamento e concentração. A Bhagavad Gita que é uma das principais escritoras do assunto, define três princípios da filosofia da Yoga. Que são:

  • Equilíbrio da mente: para garantir a paz interior, a Yoga propõe o conhecimento de todos aqueles sentimentos ou ilusões que fazem mal à você para conseguir se livrar deles. O desapego ao ruim é uma das peças-chave para todo o processo de estruturação interior e para a saúde mental. Ah, e a paciência é essencial para todo esse processo, ok?
  • Habilidade na ação: altruísmo é a palavra que define esse pensamento. Sabe aquela velha ideia, que é sempre válida, de se colocar no lugar no outro? Então, aqui ela é super bem-vinda, já que a Yoga condena que você aponte os defeitos dos outros, ou seja, orgulhoso. As ações devem ser feitas a todos ao redor.
  • Rompimento da união com a dor: esse é um baita desafio da Yoga propõe, de evitar sofrer. Difícil ? Muito, mas para facilitar as coisas, a prática reconhece três tipos de dor: o sofrimento causado pelo corpo ou pela mente ( causado por vícios, má alimentação e doenças); a aflição que vem da natureza ( com catástrofes naturais como enchentes ou terremotos); sofrimentos causado por energias negativas ( que é curado com os mantras de paz). O remédio para esses males? A Yoga pensa que todo o sofrimento do mundo deve ser curado com a felicidade conquistada em práticas como a meditação.

Os benefícios da Yoga

Praticar Yoga

Quem pratica a Yoga costuma dizer que os benefícios são tantos que nem é possível enumerá-los. A gente tenta, então, mostrar alguns deles:

Yoga para o corpo

Emagrece: os exercícios físicos da Yoga envolvem o alongamento e podem ajudar a queimar gordura. A Power Yoga (uma versão mais avançada da prática) pode queimar até 500 calorias por hora! Alguns especialistas também dizem que o alongamento faz com que a glândula da tireoide funcione melhor e acelere o metabolismo, o que ajuda no emagrecimento. A redução da ansiedade conquistada com a prática, também ajuda a diminuir a compulsão alimentar e a emagrecer.

Tonifica os músculos: vão ser tantos movimentos de flexibilidade nas aulas de Yoga, que você, provavelmente vai achar que não conseguirá a façanha de fazer cada exercício. Mas, não se preocupe! Com o tempo você não só adquire mais flexibilidade, como também deixa seus músculos ainda mais fortes.

Melhora a postura: assim como Pilates, a Yoga também ajuda a melhorar sua postura, e a coluna agradece. E a dos ossos também, já que a prática diminui as dores.

Yoga para a mente: as aulas de Yoga costumam combinar o comportamento, com hábitos saudáveis, postura, exercícios de respiração, concentração, consciência e contemplação. Ufa! Tudo isso faz um bem danado para a mente e ajuda demais você a se conhecer em seu interior. E quando a gente está de bem com nós mesmos. Aí os benefícios são cada vez maiores.

Para começar a praticar a Yoga

Praticar Yoga

Se você gostou de todos os benefícios da Yoga que a gente contou por aqui, certamente, está buscando informações sobre por onde começar, não é mesmo? Bom primeiro você precisa ter um professor de confiança. Seja em academias ou em aulas na Internet (que são bem comuns). Certifique-se de que a pessoa que vai ensinar a Yoga para você realmente saiba quais são as filosofias dessa prática. Também é importante ir com calma, nada de ir para o módulo mais avançado nas primeiras semanas, ou você pode ficar cheio de dores.

Outro ponto importante é a disciplina. Fazer Yoga e ver seus resultados, exige bastante disciplina! Você pode não conseguir fazer uma hora por dia da atividade física, mas pode deixar pelo menos 15 minutinhos para se concentrar em um alongamento e outro ou na meditação. Assim, fica muito mais fácil de conseguir ver os resultados.

E, por último, não se preocupe com a idade! Todo mundo pode, e deve, praticar a Yoga. Aliás, dizem que quanto mais cedo se pratica é melhor. Mas, claro, que sempre respeitando os limites de cada um e sob orientação profissional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui